quinta-feira, 15 de setembro de 2011

Um ano e dois meses mais tarde


Passaram já 14 meses desde que nos mudámos para o Reino Unido. Foi um ano emocionalmente difícil... Um ano de alguns passos atrás, de algumas perdas e, acima de tudo, de aceitação que há coisas que nos fogem por completo ao controlo.
Ver os nossos sonhos, planos e projectos ruírem é, sem dúvida, uma prova de fogo, da qual ou saímos vencedores ou não mais nos levantamos. Passados 14 meses estou feliz pois saí vitoriosa desta provação. E não celebro a vitória apenas por me ter reerguido mas principalmente pelas lições que aprendi pelo meio.
Hoje as peças começam a encaixar-se, as rotinas começam a ser prazenteiras, os pequenos nadas voltam a encher-me o coração de conforto e paz. Aos poucos, vou descobrindo o meu lugar nesta minha nova vida e vou preenchendo-o com as minhas próprias cores.
Aprendi a não fazer planos a médio prazo e estou de sobre-aviso para a qualquer momento a vida me pregar nova rasteira e revirar tudo a 180 graus. No entretanto, vou gozando o passar dos dias, tentando aproveitar as oportunidades que se cruzam comigo e enchendo o peito de alegria, de sorrisos, de vontade de viver! Amanhã?! Logo se vê...
O Reino Unido tem nos acolhido bem, tem nos proporcionado valentes aventuras e valiosas descobertas. Sei que não irei viver cá para sempre mas por enquanto é aqui a minha Casa...

Foto - Trafalgar Square, Londres - Fevereiro de 2007

- Posted using BlogPress from my iPad

5 comentários:

  1. Oie Helena,
    Muito bom qdo olhamos para tras e vemos q foi produtivo e valeu a pena. Parabens por este 14 meses e q venham mtos e mtos outros de tantas felicidades e mtas conquistas. Sou fa de vcs. Bjs,

    ResponderEliminar
  2. Obrigada minhas queridas :))

    Vi, eu não sabia que tínhamos fãs ;p Que bom!!!

    Beijos

    ResponderEliminar
  3. Uma grande amiga minha diz-me sempre que em todas as mudanças, por mais que achemos que são más, há sempre coisas muito boas e nós só temos é que procurar onde elas estão!
    Por isso, há sempre perdas, mas o que se ganha é sempre muito mais, julgo eu!

    ResponderEliminar
  4. Eu sou pró mudança e não considero que a mudança tenha sido má, pelo contrário! Contudo, teve momentos difíceis... É claro, que hoje sou uma pessoa mais rica e até mais forte por isso!

    ResponderEliminar