quarta-feira, 15 de abril de 2009

Deolinda ao vivo e a cores

video
Ontem fomos até ao Melkweg, em Amsterdão, para vermos os Deolinda em concerto. E valeu bem a pena:-)
Descobri os Deolinda através de um pedido ao Pai Natal (não meu claro está). O cd voou de Lisboa a Schipol e apesar de ter a caixa partida (o pombo correio achou ser boa ideia trazê-lo na bagagem de porão, lol) a voz da Ana Bacalhau (nome mais português é impossível!) depressa encheu a sala cheia de sonhos, arroz doce, tarte de amêndoa e outras tais doçarias de Natal. Gostei do som, da voz afadada da vocalista, dos ritmos familiares e alegres e das letras cheias de humor e até algum sarcasmo.
O mesmo menino, que ainda escreve cartas ao Pai Natal, chegou noutro dia a casa todo contente a dizer: "os Deolinda tocam em Amsterdão no dia 14, vamos ver?!" Claro que aceitei o convite.  A sala de concerto era pequena o que tornou o ambiente bem mais intimista. Tive o privilégio de estar bem pertinho do palco e pude observar com atenção a óptima dinâmica entre os músicos e a cantora e a expressividade única da mesma em palco. A cada música que tocavam, a Ana dava uma pequena explicação em inglês (havia bastantes holandeses entre o público, creio que pensavam ir ouvir fado....) acerca da história da música, o que acabou por dar uma dimensão ainda mais engraçada às letras.   
O público vibrava, batia palmas, abanava o pézinho e baloiçava-se ao som dos Deolinda. E a maior parte era de facto português, sendo que alguns levaram o orgulho nacional ao extremo de vestir t-shirts a dizer "Viva Portugal" e até lenços na cabeça com a nossa bandeira, qual jogo de futebol, ah ah ah ah
Foi uma noite muito bem passada! Que a solteirona da Deolinda continue a cuscar a vida dos vizinhos por muito mais tempo;-)) 

4 comentários:

  1. Devo de confessar que apesar de gostar das musicas não estava á espera de um espectaculo tão bom e tão envolvente.
    Valeu bem a pena as 2h de transito para chegar a Amsterdão em hora de ponta, já para não falar na mota de entrega de pizzas espatifada mesmo atrás de nós...Não fosse o Holandes que se colocou á minha frente estar sempre a tapar a vista e obrigar-me a andar sempre a fugir da bela visão que era a parte de trás da sua cabeça teria sido ainda melhor!

    ResponderEliminar
  2. Olá. Vi a Ana com os seus Deolinda no passado dia 11 em Serpa, e digo-vos, foi deslumbrante. Não sou fotografo, mas arrisquei e tirei algumas fotos, inclusive com a banda (http://www.graphyus.com/deolinda/) e "realizei" 2 videos (uauuuuu) http://www.youtube.com/watch?v=DudFoOS5iOI - http://www.youtube.com/watch?v=8ijhkb65r4o

    ResponderEliminar
  3. Olá Rui:-)
    Estive a ver as fotos e os videos e Serpa não fica atrás de Amsterdão em nada!
    O video aqui publicado também foi da minha realização, eh eh eh eh

    Como tinha uma viagem de uma hora a fazer e um cachorro para levar à rua quando chegasse a casa acabei para não ficar depois do concerto... mas tive pena pois eles parecem ser pessoas bem simpáticas;-p

    ResponderEliminar