domingo, 30 de agosto de 2009

Marcas perpetuadas em nós...


Partiste sem um aviso e num instante as nossas vidas mudaram para sempre. Ficou o vazio da tua presença física mas nos nossos corações estás tão vivo como sempre :)
Não há um dia que passe que não me lembre de ti. Frequentemente falo em ti, de ti, e rio ao recontar as tuas histórias, expressões e anedotas. Visitas-me muitas vezes nos meus sonhos e é sempre com grande alegria que te revejo.
O corpo que ficou fechado numa caixa debaixo da terra era teu mas não eras TU. Tu nunca nos abandonaste e não o poderás nunca pois fazes parte integrante de nós.

Hoje iremos novamente brindar à tua vida. Não há mais vontade de chorar a tua morte. Há sim gratidão por teres passado pelas nossas vidas, deixando a tua marca impertubável.

Foto tirada no Japanese Watergarden

sábado, 29 de agosto de 2009

"A febre de Sábado"


Como diz a minha amiga Anita, dançar é como voar sobre o chão! Este vídeo faz-me sempre sorrir pela sua simplicidade, alegria e audácia :)

Bom Fim-de-Semana!!!

E já lá vão 100!


100 posts!!! Ena, ena :)
Este blog surgiu como um passatempo, uma forma de me manter em contacto com os amigos que estão longe, um modo de ir praticando o meu português escrito (que andava cheio de queixas existenciais). Nestes últimos 5 meses tenho-me divertido imenso a escrever e a colocar fotos, a partilhar novidades e sentimentos. Descobri alguns cantinhos bem simpáticos e interessantes, com quem já pude partilhar ideias, opiniões e dicas.
Hoje faz parte do meu dia-a-dia. O espírito com que foi criado continua inalterado e quem vier por bem será sempre muito bem-vindo :)

E em jeito de comemoração, um novo visual ;-)

sexta-feira, 28 de agosto de 2009

Afinal havia... Outro...

Eu até que não sou uma gaja ciumenta mas esta "intimidade" já me parece demais, LOL

E o pior é que eu fico a perder das duas maneiras: ora é o amor do maridão que está preenchido pela loucura do quatro patas; ora é o bom do cachorro que já não me liga nenhuma pois encontrou a sua verdadeira paixão....
Mulher sofre ;-p

quinta-feira, 27 de agosto de 2009

Espelhos de uma cultura

Com alguma vergonha confesso que me levou 3 anos para começar a descobrir os museus que este país tem para oferecer :(
Quando se tem uma postura de local, assumimos a rotina e as atracções turísticas passam-nos um pouco ao lado. (Não é à toa que a grande maioria dos holandeses nunca visitou o Keukenhof!)
Sempre que temos visitas todos querem ver o Red Light, as famosas Coffeeshops, os moinhos e as tulipas. Os museus ficam sempre para um mais tarde que até agora não se tinha concretizado. Mas a S. veio de visita com a postura: "E que tal começarmos pelo aquilo que ainda não viste?!" Abençoada! Lá foi a Ceres toda contente visitar os mais aclamados museus de Amsterdão :)

No Rijksmuseum podemos descobrir muito sobre a cultura e história da Holanda. E temos o privilégio de ver de perto algumas das grandes obras do Rembrandt e do Johannes Vermeer (o pintor da "Rapariga do Brinco de Pérola", lembram-se?!). E como nem sempre os quadros mais famosos são os que mais me marcam, aqui vos deixo com a "The Prophetess Anna". O que mais me impressionou foi a luz que incide sobre a mão (conferindo-lhe um relevo quase real) e lhe esconde as feições.


No Van Gogh Museum descobri dois pintores muito interessantes: Odilon Redon e Emile Bernard. Sendo que o primeiro devia de fumar umas coisitas pouco recomendáveis ;-p
As obras do Van Gogh são de facto impressionantes pela sua técnica, utilização de cores e motivos. Os auto-retratos são talvez os mais conhecidos a par com os "girassóis". Este quadro dos "Potatos Eaters" parece-me um retrato interessante dos holandeses da época. Ainda hoje estes gajos adoram batatas!

E last but not least, lá fomos nós visitar o Hermitage que reabriu as
suas portas há dois meses. Transporta-nos para o mundo dos Csars: a
riqueza dos trajes, os quadros, o mobiliário, a genealogia dos
Romanov. O edifício é bem simpático e tem um cafézinho muito giro
com música lounge onde se pode comer um cheesecake muito bom!

Traição


Dissimulada
Aquela que te sorri e que te oferece confiança
Insegura de si, busca em ti o caminho a seguir

Vampiresca
Retira o prazer e o proveito
daquilo que tu construíste
Ignorando a tua dedicação
a tua lealdade, os teus sentidos

Oportunista
Aproveita as tuas distracções,
viagens e retiros para te roubar
Sugar o teu empenho e colher assim os teus louros

Vazia
Aquela que precisa da vida de alguém para se sentir viva
Aquela incapaz de sonhar e de se entregar sem reservas

Cobarde
Quem apunhala os outros
com medo de ser a próxima vítima

quarta-feira, 26 de agosto de 2009

Os benditos "Fwd"

video

video

Há dois grandes amigos de quem eu tenho MUITAS saudades (há mais... mas eles têm um lugar muito especial na minha vida ;-p) e que como forma de nos manterem o contacto, visto que é malta que gosta pouco de escrever (eles, não eu!), enchem-me o mail com os famosos forwards. Mas calma lá, que isto é malta criteriosa e só me enviam coisas giras :)
Aqui ficam dois bons exemplos! E um grande beijinho para os meus queridos Sus e V. que eu sei que me visitam aqui neste cantinho virtual com muita regularidade. Adoro-vos :))

PS - Continuo à espera da próxima visita...

terça-feira, 25 de agosto de 2009

Vestígios do tempo

Fez três anos no passado dia 21 que aterrámos pela primeira vez em Schipol de malas e bagagens. Vínhamos com a promessa de mais oportunidades em termos profissionais, pessoais e até culturais. Com a mente cheia de ilusões e o coração cheio de dúvidas.
O balanço tem sido muito positivo e conseguimos criar um lar neste pequenino canto do mundo. A nossa casa é onde nos sentimos bem e neste momento a nossa casa é aqui :)
Sentimos saudades do sol de Lisboa, da nossa rica gastronomia, de alguns lugares especiais, da família e amigos. Mas mesmo assim, não pensamos voltar!
Talvez o tempo nos leve para outras paragens mas nos planos a médio prazo Portugal aparece apenas como destino de férias ;-p Aquele lugar especial onde se volta sempre para matar saudades e para nos reencontrarmos com uma parte nossa que lá ficou e ficará para sempre!

Têm sido três anos cheios de descobertas, aventuras mil, encontros, realizações, passeios e gargalhadas. Três anos também eles repletos de saudade, de alguma solidão, de desafios muito complexos, de desajustes, de lutas e lições.
Mas valeu tudo a pena! De nada me arrependo! E sou feliz por poder ter o privilégio de ser uma "cidadã do mundo" ;))

sábado, 22 de agosto de 2009

"A febre de Sábado"


Descobri o sr. Murdoch quando fui ver o filme Away We Go na semana passada. O filme faz-nos pensar na nossa busca incessante pelo nosso lugar no mundo e no regresso inevitável às origens. Adorei a banda sonora e quis partilhá-la.

Bom Fim-de-Semana :))

(Eu sempre disse que quando fosse grande iria comprar uma casa em Santa Cruz, local onde passava as minha férias de verão ;-p)

quarta-feira, 19 de agosto de 2009

Dos Aeroportos...

Gosto da mística de ir esperar alguém. Do movimento louco da gente de todo o mundo. Da partida para um destino ansiado. Da chegada emocionante ao pé daqueles de quem tantas saudades temos. Da emoção estampada no rosto daqueles que se reencontram. Das flores, balões, cartazes. Das palmas e algazarra quando aquele que queremos ver atravessa a porta automática (que teima sempre em se fechar...).
E quando se vive longe o aeroporto torna-se numa segunda casa, num farol, num porto seguro... E esta tarde lá fui eu esperar a S. que nos veio retribuir a visita e passear por terras baixas :) Os próximos dias serão de passeata...

terça-feira, 18 de agosto de 2009

O mundo em fotografia

Ainda em Edinburgo parámos para visitar a exposição "World Press Photo 2009". Sempre gostei muito desta exposição e acho fascinante como se podem contar os acontecimentos que marcaram um ano sem utilizar uma única palavra. Imagens que nos trazem tanta emoção, que nos chocam, que nos fazem sorrir, que nos fazem pensar...
São horas da minha vida bem passadas ;-))

sábado, 15 de agosto de 2009

"A febre de Sábado"


Hoje apeteceu-me ir buscar algo ao fundo do baú...
Sou a filha mais nova (com uma diferença de 10 anos da minha irmã mais velha) e isso fez com que desde cedo começasse a ouvir os grandes hits dos 80, embora andasse na escola primária e não soubesse uma única palavra de inglês. E lembro-me de vibrar imenso com os LP´s da mana :) Lembro-me também que não podia dançar muito pois a agulha do gira-discos podia riscar o vinil e depois a mana matava-me, lol

Eu pecadora me confesso ;-p

Bom Fim-de-Semana!!!!!

sexta-feira, 14 de agosto de 2009

"The Twilight Saga"

O Homer é fã da Anne Rice e sempre foi fascinado por histórias de vampiros. Por isso, quando ele fez anos, eu ofereci-lhe esta edição especial da Stephenie Meyer que tanto furor anda por aí a causar.
"Olha, se for giro diz, talvez eu depois leia..." - sou mesmo engraçada às vezes. Mal ele terminou o primeiro livro agarrei-me a ele, partilhámos o segundo, passei-lhe à frente e voilá já terminei o quarto sem que ele ainda o tenha iniciado... Isto de oferecer presentes dos quais podemos também usufruir é uma forma de arte e não puro egoísmo ;-p
A escrita é simples e escorreita. Mas a acção é cativante e a vontade de saber o que virá a seguir prende-nos aos livros de um modo viciante. O mundo místico de vampiros e lobisomens e a sua convivência "pacífica" com humanos transporta-nos para um universo de fantasia. E nada melhor em tempo de férias do que fantasiar!

Claro, que entretanto já vimos o filme baseado no primeiro livro. Não gostámos :( É claro que muita coisa tem de ser sempre adaptada para ser transporta para o grande ecrã mas isso não poderá implicar adulterar a história. Para além de muita coisa ter sido alterada radicalmente, muito foi também condensado de uma forma tão intensa que faz com que todo o sentido seja perdido e não haja um fio condutor da acção.

Mas os livros, esses, valem a pena :)

quinta-feira, 13 de agosto de 2009

TAO - Samurai Magical Drumming

Como programa de festas durante o Festival Internacional decidimos ir ver os TAO. Durante a tarde tínhamos sido abordados pelos próprios enquanto andavam a distribuir panfletos pelas ruas da cidade. Achámos-lhes piada e decidimos comprar bilhetes sem sabermos muito bem ao que íamos.
Foi uma surpresa super agradável :-) Uma espécie de Stomp mas com todo o misticismo das artes marciais e da música tradicional japonesa.
Valeu mesmo a pena! Aqui vos deixo um cheirinho:



quarta-feira, 12 de agosto de 2009

Edinburgo, Escócia

Os dias passados em Edinburgo foram excelentes :) Calcorreámos a cidade de ponta a ponta, visitámos as atracções turísticas, comemos Haggis e Fish and Chips e até bebemos uísque. Matámos saudades da S. (a nossa querida anfitriã) e pusemos muita conversa em dia.
Agosto é o mês do Festival Internacional em Edinburgo e a oferta é tão grande que é difícil escolher. A cidade fica ao rubro, cheia de turistas, artistas de rua, pessoas mascaradas a fazerem publicidade a um qualquer espectáculo, enfim... um mar de gente!
Aqui ficam alguns registos:

Royal Mile

Edinburgh Castle



The Queen´s Galleries, Palace of Holyroodhouse

Muitas gaitas de foles ;-)
Um dos muitos gadgets da Camera Obscura
E como não podia deixar de ser a famosa Dolly (no National Museum of Scotland)

Com muita pena minha não encontrei o mocinho da William Lawson mas visitámos a Scotch Whisky Experience e aprendemos algumas coisitas sobre o assunto ;-))

quarta-feira, 5 de agosto de 2009

Pausa para cultura


Desta vez vamos até aqui. É tempo de festival internacional, tempo de passear por castelos e museus. 
Vamos tentar não beber muito uísque (mas nada de promessas, lol) e espero que o Homer não volte de kilt, ao verdadeiro estilo highlander ;-p

E eu, secretamete, e aqui que ninguém nos ouve, vou tentar encontrar o "sr da William Lawson": é que aquilo deve ser digno de uma guided tour, ah ah ah ah ah ah ah
Ora vejam lá:

terça-feira, 4 de agosto de 2009

Manhãs esquizofrénicas


A Velha espreita pela janela. Olha a vida lá fora através de um vidro marcado pelo tempo e não reconhece mais a sua rua. Há tanto tempo que não sente o sol na pele, o vento a bater-lhe na cara, o toque fugido de um desconhecido.
Alguém trancou a porta e não voltou. Virou costas sem olhar para trás. A chave, essa, foi esquecida. Algures...
Parecerá cruel a quem nunca tenha sentido o seu abraço. Aquele toque paralisante que nos suga sempre um pouco de alma. O seu beijo malicioso que nos rouba a alegria.
Mas a atracção pelo abismo é grande. E a Velha está sempre à janela... Esperando uma frecha inesperada por onde se possa escapar. Querendo acalmar a sede, tornando cativos os que ainda riem...
 

segunda-feira, 3 de agosto de 2009

Mozart, O Lord


Eis o cognome perfeito para este meu cão. É que o gajo tem mesmo uma postura aristocrática ;-)

Obviamente, que quem manda cá em casa sou eu e ele tem de se reduzir à sua condição de quatro patas mas o lugar que ele ocupa no meu coração é enorme. Eu trato-o como um cão, com regras e limites mas amo-o como o meu bebé :) Só quem alguma vez teve um animal de estimação poderá compreender este sentimento.
Talvez por isso hoje esteja de coraçãozinho apertado... É que ele está em casa da dog-sitter que vai tomar conta dele nos próximos dias enquanto formos viajar. A sra é super simpática, tem imensa experiência com cães e eu tenho a certeza de que ele está bem e a levar um montão de mimos. Mas mesmo assim....
A única vez que o deixámos foi quando fomos passear uns dias a Paris em Fevereiro. Mas nessa altura ele ficou no seu ambiente, entregue a uma pessoa de máxima confiança a quem ele já está habituado como a um membro da família. Mas neste período de férias, a "tia" do Mozart tem a agenda preenchida ;-)

 A casa está vazia.... Mas no final do dia a alegria já estará de volta!!! 
(É que hoje ele fica só durante o dia para se habituar e não se sentir abandonado quando o deixarmos lá na Quarta e só voltarmos no Domingo...)

sábado, 1 de agosto de 2009

"A febre de Sábado"


Mas quantas palavras é que este rapazinho é capaz de dizer sem parar para respirar?! Ainda dizem que eu falo depressa, LOL

Bom Fim-de-Semana :))

Impassividade


Os dias vão-se somando, cada vez mais iguais.  Instala-se a monotonia, a rotina, a preguiça. A vida é adiada, colocada em stand by, esperando um amanhã que tarda em chegar. Um amanhã que será sempre melhor, mais iluminado, cheio de promessas.
O potencial fica engasgado como um nó na garganta. A acção não passa de um sonho acordado enquanto o grito nos aperta os pulmões.
Basta! Deixar a vida correr, escapar-se-nos por entre os dedos sem nunca a agarrar. Fechar os olhos à noite com o peso de mais um dia não vivido.
Quebrar o círculo, vencer as barreiras e superar o medo...

Foto - Delft, Holanda